SeaWorld136x103

SeaWorld: A verdade está em nossos parques e em nossas pessoas

Carta aberta dos defensores dos animais do SeaWorld

Recentemente, artigos e reportagens imprecisas têm gerado dúvidas sobre o SeaWorld e os animais que estão sob nossos cuidados. A verdade está nos nossos parques e nas nossas pessoas, e agora é hora de deixar bem clara essa comunicação.

Os homens e mulheres do SeaWorld são verdadeiros defensores dos animais. Nós somos um total de 1,5 mil cientistas, pesquisadores, veterinários, treinadores, biólogos marinhos, aquaristas, avicultores, educadores e profissionais da conservação ambiental, que dedicam suas vidas aos animais que estão sob nossos cuidados e também aqueles que estão feridos, doentes e órfãos na vida selvagem. Não importa se é um leão marinho, peixe boi, tartaruga ou baleia, nós estamos prontos para atender 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

Aqui estão alguns fatos relevantes sobre o SeaWorld e o nosso trabalho: 

  • O SeaWorld não captura orcas no ambiente selvagem. Graças ao nosso trabalho inovador e de sucesso em pesquisas de reprodução de mamíferos marinhos, nós não capturamos orcas na natureza há 35 anos. Na realidade, apenas duas baleias foram capturados pelo SeaWorld e esses animais estão sob nosso cuidado até os dias atuais. Além disso, as pesquisas realizadas pelo SeaWorld têm trazido um amplo entendimento sobre as baleias na vida selvagem, proporcionando aos pesquisadores descobertas científicas importantes sobre a reprodução de mamíferos marinhos.

  • Nós não separamos as orcas mães de seus filhotes. O SeaWorld reconhece a importância do vínculo entre mães e filhotes. Em raríssimas ocasiões, as quais a orca mãe não pode cuidar de seu filhote por conta própria, nós já realizamos interversões muito bem sucedidas para o desenvolvimento e introdução do filhote. As baleias apenas são deslocadas de seus ambientes e grupos com o objetivo de manter uma estrutura social saudável.

  • O SeaWorld investe milhões de dólares em cuidado das orcas. Somente nos últimos três anos, investimos US$ 70 milhões em nossos habitats dedicados às orcas e milhões de dólares anuais para manter a qualidade desses locais. Nossos habitats estão entre os maiores do mundo atualmente. Eles possuem tecnologia de ponta e estão preenchidos com bilhões de litros de água fresca e filtrada, o que permite um padrão de qualidade alto e seguro para o bem-estar dos animais.

  • A expectativa de vida das baleias orcas do SeaWorld é equivalente à expectativa na vida selvagem. Enquanto estudos continuam a definir o tempo médio de vida das orcas na natureza, provas científicas mais recentes sugerem que a expectativa de vida das nossas baleias é comparável à expectativa daquelas que estão no ambiente selvagem - na verdade, cinco de nossos animais têm mais de 30 anos, e uma de nossas baleias está perto dos 50 anos.

  • As baleias que estão sob o nossos cuidados beneficiam os animais que estão na vida selvagem. Trabalhamos com universidades, órgãos governamentais e ONGs para aumentar o corpo de conhecimento e a compreensão sobre as orcas - desde sua anatomia e biologia reprodutiva até suas habilidades auditivas. Algumas populações de orcas selvagens foram classificadas em perigo ou ameaçadas, o que demonstra o potencial e necessidade dessas oportunidades de pesquisa. Este tipo de pesquisa e estudo controlado simplesmente não são possíveis na natureza, mas geram benefícios reais significativos para as orcas que lá vivem.

  • O SeaWorld é líder mundial em resgate de animais. As milhares de pessoas que visitam nossos parques todos os anos tornam possível o SeaWorld ocupar a posição de instituição mundialmente renomada no que se refere a resgate, reabilitação e soltura de animais. Nós estamos constantemente inovando nesses cuidados. Nossos veterinários já criaram mamadeiras para alimentar baleias órfãs, próteses para salvar tartarugas marinhas e coletes especiais para ajudar peixes-bois feridos a flutuarem durante a reabilitação. Não importa se foi um desastre natural ou influência do homem, o SeaWorld está sempre disponível e frequentemente é o primeiro a ser contatado. Nós já resgatados mais de 23 mil animais com o objetivo de tratá-los e devolvê-los à natureza.

O naturalista Baba Dioum fez uma ótima colocação ao dizer que: “No final, nós vamos conservar apenas o que amamos; nós vamos amar apenas o que entendemos e vamos entender apenas o que nos foi ensinado”.

No SeaWorld, essa tem sido a nossa filosofia desde que abrimos as portas pela primeira vez há 50 anos. Essa é uma responsabilidade que levamos muito a sério. Mais de 400 milhões de pessoas já visitaram o SeaWorld. Nós temos orgulho em saber que as experiências que elas tiveram aqui resultaram em um impacto positivo em suas trajetórias e no mundo em que vivem. 

A verdade sobre o SeaWorld está aqui em nossos parques e em nossas pessoas. Alguns de nossos visitantes podem até mesmo entrar pelos portões dos parques sem nunca ter tido muitas reflexões sobres os notáveis animais de nossos oceanos. Porém, se ao partirem, esses tiverem construído uma grande adoração e conhecimento sobre a importância dos oceanos e dos animais que lá vivem, e estiverem inspirados em fazer a diferença no mundo, teremos a certeza que fizemos o nosso trabalho.

In English | En Español | En Português | In Deutsch